3 simples métodos de proteção da pele que você não sabia

creme-proterorProteção da pele

Os cremes de proteção são excelentes meios de proteção da pele contra os raios UVA e UVB e também contra agentes químicos como os derivados do petróleo, tintas, colas, ácidos, vernizes, bases, detergentes, cimentos, solventes em geral, além dos agentes biológicos, como bactérias e fungos. Atualmente o mercado está cada vez mais se preocupando em desenvolver cremes que possam oferecer proteção contra diferentes agentes.

Estes cremes criam uma camada protetora que age sobre a pele impedindo o contato com o agente agressor. Um dos principais objetivos dos cremes é evitar a formação de dermatoses ocupacionais alérgicas ou irritativas, além disso, proporcionam também hidratação e emoliência. Podemos dividir os cremes nas categorias: óleo-resistente, água-resistente e especiais. Com exceção do conhecido filtro solar, os demais são considerados EPI’s, e devem inclusive possuir o CA (Certificado de Aprovação). A escolha dos cremes deve ser realizada a partir da observação dos riscos do ambiente de trabalho.

Cremes Especiais

Estes cremes são indicados para usos específicos, de acordo com recomendação do fabricante. Oferecem proteção contra tintas, ácidos e agentes biológicos, bem como agentes químicos, já que possuem capacidade fotoprotetora, são considerados EPI’s pelo Ministério do Trabalho. Alguns destes cremes possuem também característica hipoalergênica, minimizando o risco de alergias em pele sensível.

Como bloqueador solar, estes cremes são recomendados para proteger os trabalhadores que realizam atividades a céu aberto e consequentemente estão expostos à radiação solar. Além disso, podem oferecer proteção contra a radiação dos arcos elétricos da solda. Os cremes tipo bloqueador solar ainda não são considerados EPI pela NR 6, mas a NR 31 já exige “medidas especiais que protejam os trabalhadores contra a insolação excessiva”. Possuem diferentes níveis de proteção de acordo com O FPS, além disso o creme não sai com água e em sua composição deve conter também hidratantes, ser hipoalergênico e ter registro no Ministério da Saúde.

Os cremes para agentes biológicos tem função de impedir o crescimento microbiano, reduzindo também o risco de infecção por bactérias e protegendo contra os demais agentes químicos. Uma de suas vantagens é que podem ser utilizados por baixo de luvas.

Os cremes para combate a produtos ácidos oferecem proteção contra meios ácidos e alcalinos (básicos), além da proteção contra os outros agentes químicos.

Água-resistente

Estes cremes não são facilmente removidos da pele com água. Oferecem proteção contra diversos agentes químicos diluídos ou não em água. Também possuem propriedades hidratantes e emolientes, e pode ser com silicone ou não. Precisam ter a mesma durabilidade e resistência na pele.

Com silicone: Para o uso de graxa, óleos, gasolina, solventes, cimentos, detergentes, argamassa, colas, hidrocarbonetos alifáticos e aromáticos, e outros produtos solúveis ou não em água.

Sem silicone: É usado em empresas ou setores em que não é permitida a presença de silicone, como em áreas de colagem e pintura, por exemplo.

Óleo-resistente

Estes cremes podem ser removidos com água, mas não consegue ser removido quando existir na pele óleos ou substâncias apolares. A exemplo dos dois exemplos anteriores estes cremes também possuem propriedades hidratantes e emolientes, protegendo contra diversos agentes químicos. Também podem ser com silicone ou sem, com a mesma durabilidade e resistência. Os cremes de regeneração também fazem parte deste grupo, com características emolientes e capacidade de reposição da hidratação da pele, utilizados após o trabalho.

Com silicone: Indicado para o uso de graxa, solventes, gasolina, óleos, cal, cola, verniz, pós e produtos químicos que não contenham água em sua fórmula.

Sem silicone: Indicado para agentes que não contenham água em sua fórmula, em setores que não é permitido silicone. é ideal para tintas e solventes.

Não se esqueça dos olhos e do rosto! Veja também sobre os 3 tipos de proteção facial e ocular que você não deve se esquecer.

Fonte: Super Guia de Proteção.