Posts

3 tipos de proteção facial e ocular que você não deve se esquecer

Algumas partículas volantes multidirecionais, respingos de líquidos, luminosidade intensa e radiações infravermelha e ultravioleta, ou outros impactos nos olhos ou na face, podem atingir o trabalhador no momento em que este executa suas atividades. Sendo assim nenhum profissional deve se esquecer da proteção facial e ocular, como os óculos de segurança, máscaras de solda e protetores faciais.

O conforto é fundamental para a efetividade do uso desses EPI’s, por isso no mercado existe uma extensa variedade de modelos para atender diferentes formatos de rosto e preferências do usuário. Sendo assim para a escolha do equipamento adequado deve-se realizar uma análise dos riscos e também testes com os usuários. É importante avaliar também quanto ao tipo adequado de lente para cada atividade.

Veja mais sobre estes equipamentos abaixo:

oculos de segurançaÓculos de Segurança

Possuem design moderno e boa proteção, veda toda a cavidade ocular. É necessário que seja bem ajustado ao usuário. Os óculos de segurança protegem os olhos dos trabalhadores contra impactos e radiações. Os equipamentos que possuem ampla visão, protegem toda a região em torno dos olhos, oferecendo segurança inclusive contra respingos químicos e poeiras. São fabricados com material predominante de policarbonato, possibilitando maior resistência e também uma maior variedade de modelos. Podem apresentar variações na lente, na armação, composição de materiais, quanto aos tratamentos de superfície (como antirrisco e antiembaçante), e também quanto às tonalidades de lentes.

Deve ser utilizado quando existirem riscos de partículas voláteis multidirecionais, pós, gases, poeiras, respingos de líquidos, calor, luminosidade intensa, radiações ultravioletas e infravermelhas, e também específicas como laser e raio X. Como exemplos de ambiente de trabalho podemos citar: indústria metalúrgica, siderúrgica, setor de transformação e construção.

 protetor facialProtetores Faciais

Estes protegem a face do trabalhador contra respingos químicos, poeiras, impactos e radiações ópticas. Tem visores articulados feitos na maioria das vezes de policarbonato que se ajustam ao usuário. Em ambientes de calor intenso os protetores faciais podem ser aluminizados, e nos casos e que são realizadas atividades de solda, podem ser em celeron ou outros materiais termoplásticos. Deve-se usar a tonalidade adequada nos filtros de luz, com relação ao tipo de solda e a amperagem do equipamento.

Quando a projeção de partículas voláteis representar maior risco é recomendado o uso dos protetores faciais, como por exemplo no caso de operadores de equipamentos em madeireiras, no setor de bebidas, na aplicação de defensivos, em serralherias, em jateamento, na apicultura, em atendimento a emergências por bombeiros, riscos biológicos e químicos.

mascara de soldaMáscaras de Solda

As máscaras de solda protegem os olhos, a face, as orelhas e também a parte frontal do pescoço contra fagulhas e radiações ópticas geradas pela soldagem. Este equipamento deve ser usado em conjunto com o óculos de segurança e são produzidas em material resistente ao calor. Existem modelos com diferentes tipos e tamanhos de visores, alguns maiores desenvolvidos para ampliar o campo de visão do trabalhador, outros oferecem também um maior conforto. Os filtros de radiação podem apresentar variações de acordo com o tipo de luminosidade. O visor pode ser articulado ou fixo, com auto-escurecimento ou não.

São indicados para toda operação de solda, em vários setores, como: indústria mecânica, automobilística, auto-peças, ferroviária, forjarias, construção civil e naval, dentre outros.

Conservação

A higienização dos protetores faciais e oculares deve ser realizada com sabão e água, pois produtos químicos podem prejudicar o material da lente e inclusive remover o tratamento que nela existe.

A vida útil desses equipamentos é influenciada pelas condições de trabalho, os materiais em que são fabricados, e também quanto a higienização. Sendo assim a durabilidade pode apresentar variações conforme a situação dos quesitos acima listados. Em áreas onde são executadas atividades abrasivas, por exemplo, a lente tende a fica bastante riscada em pouco tempo, fazendo com que a troca seja mais frequente.

Já viu nosso artigo sobre os 3 simples métodos de proteção da pele que você não sabia?

Fonte: Super Guia de Proteção.